Perfil e realidade das profissões

Conhecer previamente o que os empregadores buscam e valorizam em um profissional será muito útil, principalmente para quem pensa em compor um curriculum vitae ou se preparar para uma futura entrevista de emprego.

 

Produzimos em 15 itens um relatório dos mais completos sobre o perfil e realidade das profissões na Itália. O relatório é composto pelos seguintes itens:

1. Tarefas e atividades específicas: é relação das tarefas e atividades laborais exercidas, classificadas por grau de relevância e frequência no cotidiano;
 
2. Conhecimentos: são as informações, práticas, princípios e teorias necessárias ao correto desenvolvimento da profissão (classificação por importância e complexidade);
 
3. Habilidades: são os procedimentos e processos cognitivos gerais que determinam a capacidade de cumprir bem as tarefas relativas à profissão (classificação por importância e complexidade);
 
4. Atitudes: são as características cognitivas, físicas, perceptivas e sensoriais do indivíduo que atuam no exercício da profissão, na execução das tarefas e das atividades laborais relacionadas (classificação por importância e complexidade);
 
5. Atividades gerais: são as atividades laborais, práticas e relacionadas a comportamentos que geralmente são comuns a muitas profissões mas destacadas pelos empregadores;

 

6. Condições de trabalho: apresentam o contexto e o ambiente de trabalho (condições físicas, modalidades, relacionamentos e comportamentos esperados na interação com outras pessoas) na qual a profissão vem a ser exercida;

 

7. Estilos de trabalho: são os modos e atitudes individuais que podem e são observadas como influências positivas para o desempenho do trabalho;

8. Valores para a profissão: são as características concernentes à ética, ao caráter, aos comportamentos explícitos e implícitos, que influenciam o trabalho cotidiano e as escolhas que o profissional faz visando as metas e os modos como estas são alcançadas;

9. Características da personalidade: as principais características da personalidade que vem acompanhadas no desenvolvimento da atividade laboral cotidiana;

10. Exemplos de profissões: exposição das principais nomenclaturas sob as quais são identificados os profissionais;
 
11. Classificação EQF (European Qualifications Framework): número de classe utilizado na União Europeia visando tanto a uniformização das qualificações quanto favorecer a mobilidade dos profissionais nos países membros. É uma escala de oito níveis relativas aos conhecimentos, habilidades e competências que caracterizam uma profissão;

12. Classificação ISTAT: codificação governamental identificativa da profissão;

13. Ocupados no último triênio: os mais recentes dados disponíveis sobre o quantitativo de profissionais ocupados, composição percentual por gênero, faixa etária e ocupação profissional;

 

14. Expectativas para as admissões no curto prazo: os mais recentes dados disponíveis sobre a previsão de contratações, tendências no triênio, formas contratuais, contratos part-time, experiências requeridas, faixas etárias, gêneros, percentuais de trabalhadores imigrantes, níveis de instrução, necessidades de formação suplementar, conhecimentos de informática, conhecimentos de língua estrangeira, dimensões das empresas, dificuldades de preenchimento de vagas, tarefas e atividades destacadas pelas empresas para os perfis profissionais, contratações para substituição, etc.;

 

15. Dados sobre incidentes: os mais recentes dados disponíveis sobre a ocorrência e características dos incidentes de trabalho (acidentes no trabalho e doenças ocupacionais).

SOLICITAR INFORMAÇÕES E ORÇAMENTOS

© MEU CONTATO NA ITÁLIA 2020 | GENOVA | Todos os direitos reservados | P. IVA 02383300999